Skip to content

GETZ PLAYS JOBIM: THE GIRL FROM IPANEMA

maio 29, 2013

Quem viveu no fim da década de 50 e o início das de 60 sabe bem o que a bossa nova representou para o Brasil e seu povo. Na época o país tinha na presidência Juscelino Kubitschek, que foi chamado de o presidente bossa nova. O Brasil vivia um dos melhores momentos da sua história com a inauguração de Brasília, a primeira conquista de uma Copa do Mundo, 1958, e a invasão da bossa nova na interpretação de músicos como João Gilberto, Tom Jobim, Carlos Lyra, Sergio Mendes, Roberto Menescal e Oscar Castro-Neves.

Até hoje, a bossa nova é reverenciada em todo mundo e é uma das músicas mais regravadas entre os jazzistas norte-americanos. Mas isto só foi possível de acontecer graças ao saxofonista tenor norte-americano Stan Getz, que se encantou com a música brasileira e lançou, em 1963, o álbum Getz/Gilberto, com a participação de Jobim (piano), João Gilberto (violão), Milton Banana (bateria) e Astrud Gilberto (voz). Antes deste disco, porém, é importante registrar o que é considerado o primeiro grande ato da bossa nova nos Estados Unidos. O histórico concerto no Carnegie Hall, em Nova York, em novembro de 1962, contou com a participação de nada menos que Tom Jobim, João Gilberto, Carlos Lyra, Roberto Menescal, Oscar Castro-Neves, Chico Feitosa, Luiz Bonfá, Agostinho dos Santos, Sérgio Ricardo, Durval Ferreira, Sergio Mendes, entre outros.

Deixando a história um pouco de lado, o disco em questão aqui é uma compilação de distintos álbuns de bossa nova editados por Getz. Poucas pessoas sabem, mas além do disco Getz /Gilberto, o saxofonista lançou na mesma época os álbuns Jazz Samba, em dueto com o guitarrista norte-americano Charlie Byrd, e Jazz Samba Encore!, com o violonista brasileiro Luiz Bonfá.

Nesta coletânea, você encontra sete das oito faixas do histórico disco Getz/Gilberto, entre elas “Corcovado”, “Desafinado”, “The Girl From Ipanema” e “Só Danço Samba”. A parceria com Bonfá aparece em “O Morro Não Tem Vez”, com participação de Jobim no violão, e “Insensatez”, com a voz de Maria Toledo e Jobim ao piano. Com Charlie Byrd, o saxofonista mostra aqui uma nova versão de “Desafinado” e “Samba de Uma Nota Só”, com direito a solo de violão de Byrd. Outro ilustre violonista brasileiro também está presente nesta coletânea, Laurindo de Almeida, que dita o ritmo na deliciosa “Outra Vez”.

O disco também traz duas gravações originalmente lançadas no disco ao vivo Au Go Go, que conta com a participação de Astrud Gilberto, Gary Burton e Kenny Burrell. Confira “Eu e Você” e “Samba de Uma Nota Só”, cantada em português e inglês por Astrud. Para fechar, um arranjo irresistível para “Chega de Saudade” com feras como Hank Jones, Jim Hall, Bob Brookmeyer, Doc Severinsen e Clark Terry.

Apesar da bossa nova ter ajudado na carreira de Stan Getz, é inegável que o músico acabou estigmatizado por isto e, muitas vezes, esquecido por vários ouvintes de jazz. Por causa disso, salientamos que Getz foi um dos grandes saxofonistas tenores do jazz e influenciou várias gerações, entre eles músicos como John Coltrane e Joe Henderson. Preste atenção nas frases tiradas do sax de Getz neste CD e perceba toda a sua genialidade.

Há um último “detalhe” que nunca deve e ser esquecido quando o assunto é bossa nova, o inigualável poeta Vinicius de Moraes. O poetinha compôs com Tom Jobim grandes clássicos da bossa como “Chega de Saudade”, “Garota de Ipanema” e “Só Danço Samba”. Vale lembrar que a bossa nova arrebatou o público estrangeiro “apenas” com sua originalidade e musicalidade. Imagine se os gringos compreendessem toda a poesia das letras de Vinicus.

http://www.sobresites.com/jazz/dicascd/stan-getz.htm

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: